domingo, 18 de fevereiro de 2018

ITAITUBA : CONCURSO RAINHA DO CARNAVAL 2018


 ACONTECEU NA NOITE DE SÁBADO NA BARRACA DE EVENTOS CULTURAIS DE ITAITUBA O CONCURSO RAINHA DO CARNAVAL 2018, O EVENTO QUE É REALIZADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAITUBA E ASSOCIAÇÃO DOS CARNAVALESCO DO MUNICÍPIO ACONTECEU EM GRANDE ESTILO E CONTOU COM A PRESENÇA DA POPULAÇÃO QUE PRESTIGIOU O EVENTO E ACOMPANHOU O CONCURSO QUE ATRAVÉS DOS JURADOS FOI ELEITA A NOVA RAINHA.

 
 


 


 

 
 
 
 




sábado, 17 de fevereiro de 2018

Itaituba: Homem morre em grave acidente na transamazônica


Na madrugada deste sábado, (17), mais um acidente registrado na rodovia transamazônica com a 10° rua bairro da floresta.
Segundo informações de testemunhas foram envolvendo duas motocicletas, ainda de acordo com informações uma seguia sentido centro da cidade e outra sentido aeroporto quando se chocaram. Os militares do corpo de bombeiros e SAMU foram acionados, infelizmente o Kássio Augusto Cruz Pereira de 27 anos já tinha vindo á óbito no local, e as duas vítimas foram encaminhadas para o HMI para avaliação médica. A Policia militar também foi acionada para conter o trânsito e aguardar a chegada do IML para fazer a remoção do corpo para necropsia. 

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

ITAITUBA: HOMEM É BALEADO NO ROSTO AO REAGIR AO ASSALTO


O assalto aconteceu por volta das 19h desta sexta-feira (16) no bairro da Floresta.

Um homem identificado por José Rodrigues de aproximadamente 38 anos de idade foi vítima de baleamento no início da noite desta sexta-feira (16) por volta das 19h na oitava rua do bairro da Floresta, em Itaituba.

De acordo com informações de pessoas próximas à vítima, ele reagiu à um assalto e um dos bandidos efetuou um disparo que acertou seu nariz, seu celular ainda foi levado.

De acordo com informações da direção do Hospital Municipal (HMI) o estado de saúde da vítima é estável, ele está consciente e respondendo. Foi informado ainda que a vítima passou por raio-x, para avaliar os danos à cabeça, e foi constatado que a bala ficou alojada, com isso ele será transferido para a cidade de Santarém.

DENIT/PA & FRATELLO ENGENHARIA DUAS VERGONHAS PRO PAÍS, E SERÁ O PRÓXIMO ESCANDALO DO BRASIL


Placa fixada na entrada da pedreira local que funciona escritório da Fratello Engenharia, Antes pedreira da Três Irmãos em Novo Progresso.Obras realizadas pela “Fratello Engenharia” sob responsabilidade do DNIT/PA, seguem rito da construtora “Três Irmãos”, construtora da pavimentação do trecho de  65 km na rodovia BR 163 no município de Novo Progresso. 
A placa fixada na entrada da pedreira, local onde funciona o escritório da FRATELLO Engenharia( antes pedreira três irmãos)


O contrato do DNIT com a empresa  Três Irmãos venceu em 2017, a empreiteira entrou em recuperação judicial e abriu nova empresa, com os mesmos sócios onde surgiu a  “Fratello Engenharia”, vencedora da licitação de R$ 21 milhões para tapar buraco na rodovia BR 163, trecho no município de Novo Progresso no sudoeste do estado do Pará.

Endenda o caso :DNIT contrata “Fratello” nova empresa para fazer recuperação de trecho da rodovia BR-163 em Novo Progresso

A contratação da Construtora Fratello para execução de obras de  tapa-buracos  na rodovia BR 163 no município de Novo Progresso no estado do Pará, vem gerando desconforto entre as autoridades locais e população, a  empresa descendente da Três Irmãos  venceu o maior lote da licitação e receberá R$ 21 milhões pelos serviços no trecho de 68km.

Reportagem flagra funcionários da empresa 'Fratello Engenharia" jogando terra na em buraco de rodovia BR 163 em Novo Pregresso-PA.
Reportagem flagra funcionários da empresa ‘Fratello Engenharia” jogando terra  para tampar buraco na rodovia BR 163 em Novo Progresso-PA.

A licitação levantou suspeita porque a empresa baixou o preço de R$ 33 milhões para R$ 21 milhões, para vencer  oficialmente  a licitação, desbancando as outras concorrentes com maior condição de realizar serviços de qualidade na rodovia. “Com valor menor a recuperação fica em xeque, de onde vai vir o dinheiro para repor  o custo da obra e cumprir as cláusulas do contrato  para realizar um serviço de qualidade”? 
Indagou o vice-prefeito Gelson Dill (PMDB) , que prometeu encabeçar um movimento para exigir do governo  mais atenção com o dinheiro público gasto na BR 163 no Município de Novo Progresso.
A Três Irmãos iniciou ás obras na rodovia  em 2009 com a promessa de entregar a obra ( asfalto)   em 2012 no trecho de 68 km, somente em 2017  entregou a rodovia tomada por  buracos. O DNIT/PA com sede na cidade de Itaituba-PA é  responsável pela fiscalização da obra e não interferiu nos serviços de péssima qualidade da Três Irmãos – tem lugar que já foi reconstituído por mais de 10 vezes e os buracos permanecem,  dificultando o tráfego na rodovia.  O que encontramos neste trecho mostra que o  “dinheiro público no Pará está  sendo usado para tapar buracos no asfalto da BR-163 com pedra e barro. Não tem terra do progresso que suporte tamanho descaso e incompetência.”
São 10 anos de uma tentativa frustrada de se viabilizar uma rodovia asfaltada na terra na cidade de Novo Progresso”, disse o prefeito Macarrão (PSC) que não concorda com ação da empresa na rodovia.
LICITAÇÃO COM DNIT
Constituída no dia 13 de maio de 2015, a empresa Fratello Engenharia em 2017 herdou o passivo da “Três Irmãos” , ou seja, tipo um golpe já premeditado, sabendo da ação judicial em fim de contrato com a impossibilidade da empresa participar da próxima licitação, se constrói outra com novo CNPJ e com os mesmos sócios [Carlos Eduardo Avalone e Marcelo Avalone], daí surge a “Fratello Engenharia” que aliás fica no mesmo espaço físico que a empreiteira “Três Irmãos Engenharia Ltda”, que entrou com pedido de recuperação judicial e está impedida de participar das licitações.
Fratello Engenharia  é responsável pelo ORÇAMENTO de R$ 21 milhões para serviços de tapa-buracos na rodovia BR 163 no trecho de 68 km em Novo Progresso, construído pela Três Irmãos  com serviço de péssima qualidade e que nunca foi entregue conclusa  ao DNIT do Pará.

Imagem retirada do Portal do DNIT na internet
Imagem retirada do Portal do DNIT na internet
TAPA BURACO
A reportagem do Jornal Folha do Progresso  entrou em contato com a Fratello em Novo Progresso, os responsáveis pela empresa que são os mesmos da ex Três Irmãos alegam serem impedidos de falar, o encarregado “Zé Carlos” disse a reportagem do Jornal Folha do Progresso que os serviços na rodovia seguem em  emergência, que estão fazendo um trabalho paliativo para deixar a rodovia trafegável, que em seguida vai iniciar os serviços de recuperação a este serviço que é paliativo, disse. Ele afirmou que os procedimentos que estão adotando foi orientado pelo fiscal da Superintendência do Pará. Ao checarmos  os anexos disponíveis no sitio eletrônico do DNIT, nossa reportagem  verificou que em nenhum deles existem a previsão de tapa-buracos com pedra e barro. Se não existe essa previsão, porque o fiscal do DNIT está adotando está medida?
Foi observado em outros seguimentos rodoviários, já pavimentados, até as ETCs de Miritituba em Itaituba/PA, que a mesma ação se faz presente, ou seja, na ocorrência de buracos na pista, os mesmos são tapados com aplicação de barro. Se a Fratello foi criada pela cisão da “Três Irmãos” e seus sócios são os mesmos, podemos afirmar que o ‘modus operandi’ desta empresa será o mesmo.
CLÁUSULAS CONTRATUAIS
No Contrato firmado entre DNIT e FRATELLO este serviço “PALIATIVO” com terra não consta, procurado o DNIT de Itaituba/PA, informou para imprensa que ação é deixar a rodovia trafegável de imediato, mas não relatou quem vai pagar pelos serviços.
Observamos para este caso, em específico, onde o valor de referência a ser licitado era de R$ 33.995.457,87 (trinta e três milhões novecentos e noventa e cinco mil quatrocentos e cinqüenta e sete reais e oitenta e sete centavos) a empresa Fratello Engenharia Ltda, foi contemplada com sua proposta de R$ 21.854.500,00 (Vinte um milhões oitocentos e cinqüenta e quatro mil e quinhentos reais). Podemos verificar um desconto de 35,71%. Como regra básica de mercado, existe o prenúncio de que, no sentido de a empresa prestadora de serviço manter minimamente seus ganhos (lucro), a qualidade do serviço correrá sério risco de ser comprometida, uma vez que a empresa somente poderá promover redução nos seus custos com relação a qualidade dos materiais a serem empregados bem como na economia com processos construtivos mais baratos.
E os problemas na BR 163 só aumentando a cada dia mais.
O Motorista Eduardo Bigolo de 47 anos, disse ao Jornal Folha do Progresso que trafega na rodovia a 12 anos, nunca viu no longo da 163 um serviço tão mal feito como este da “Três Irmãos”, aqui é impossível trafegar, no trecho só buraco e lama, a obra é mal sinalizada, a empresa nunca fez um serviço que preste, o asfalto esfarela, eu já sai fora da rodovia duas vezes por falta de um acostamento de qualidade, a gente paga impostos com dificuldade, e o que recebemos do governo, são estas obras mal feitas com empresas corruptas, isto tem que acabar, reclamou.
Termo de compromisso de qualidade dos serviços -Imagem retirada do Portal do DNIT na internet

 ACORDA BRASIL; ALÔ POLICIA
Agora vamos fazer uma analise pra onde está indo toda essa fortuna alguém está sendo beneficiado. 

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO VALMIR CLIMACO É DESTAQUE NO PARÁ


Como um pouco mais de um ano de governo o Prefeito de Itaituba Valmir Clímaco de Aguiar tem elevado o município ao topo na lista dos municípios em total desenvolvimento, Itaituba é um dos poucos do Brasil que estão superando a crise que o pais está passando, o município que mais onde tem ações, hoje o município de Itaituba está recebendo convenio dos Governo federal, Governo  Estadual, deixando de lado as brigas partidárias que em outras administrações passadas acabavam prejudicando o desenvolvimento de uma cidade que depende de todos os recursos sejam eles provenientes das esferas federal ou estadual.

Com o apoio de vários deputados o prefeito Valmir tem deslanchado um grande avanço,entre esses  deputados o deputado Estadual Hilton Aguiar e o deputado Federal Chapadinha tem alocado emendas parlamentares que ajudado muito o município.

Valmir Clímaco tem trabalhado em todas os setores da administração que forma um conjunto, com uma educação de qualidade, e uma saúde que tem ganhado uma atenção tanto pelo prefeito, e também pelo secretario Iamax Prado que não tem dia e nem hora, como o prefeito sempre fala nos veículos de comunicação a saúde não espera, sem falar na folha de pagamento do servidor que outra  marca da administração municipal, e o carro chefe de Clímaco a pasta (Infra-estrutura), que vem mudando a imagem da cidade onde está sendo trabalhado a drenagem das ruas, com correção de nível das ruas, colocação de meio fio, e o tão sonhado asfalto que deixado a população satisfeita ainda mais com administração municipal.

Em varias pesquisas e enquetes feitas no município e outros e região a administração de Clímaco tem atingido uma marca sempre acima de 80% deixando qualquer adversário sem ação de enfrentar em uma reeleição.     

      

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

AS 20 CIDADES DO PARÁ QUE MASI RECEBE CONSTRIBUIÇÃO FINANCEIRA PELA EXPLORAÇÃO DE RECURSOS MINERAIS


Depositado no dia 09 do mês de feveriro na conta dos municípios do país, o repasse da CFEM (Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais), feito pelo governo federal, relativo ao mês de janeiro de 2018.
Ao Pará, foram canalizados recursos na ordem de 49,4 milhões de reais, crescimento de 21% em relação a dezembro de 2017.
O município de Parauapebas lidera o ranking no estado, com 29 milhões de reais de repasse, seguido de Canaã dos Carajás e Marabá.
Na região do Baixo Amazonas, Oriximiná é o melhor colocado, 6ª posição, com recursos de 912 mil reais, queda de 20% em relação ao mês anterior.
Abaixo, as 20 cidades do ranking paraense que mais receberam royalties mineral no primeiro mês de 2018. A fonte é a Agência Nacional de Mineração (ex-DNPM).
① Parauapebas Valor jan 2017: R$ 29.108. 693,15 Valor dez 2016: R$ 22.458.738,00
② Canaã dos Carajás Valor jan 2017: R$ 7.285.100,72 Valor dez 2016: R$ 5.101.039,74
③ Marabá Valor jan 2017: R$ 6.314.062,50 Valor dez 2016: R$ 5.646.958,14
④ Paragominas Valor jan 2017: R$ 2.359.068,63 Valor dez 2016: R$ 2.093.294,92
⑤ Curionópolis Valor jan 2017: R$ 1.155.809,06 Valor dez 2016: R$ 721.081,29
⑥ Oriximiná Valor jan 2017: R$ 912.439,04 Valor dez 2016: 1.150.253,58
⑦ Terra Santa Valor jan 2017: R$ 708.522,13 Valor dez 2016: R$ 780.674,03
⑧ Juruti Valor jan 2017: R$ 650.372,92 Valor dez 2016: R$ 912.506,86
⑨ Ipixuna do Pará Valor jan 2017: R$ 437.445,80 Valor dez 2016: R$ 934.424,30
⑽ São Félix do Xingu Valor jan 2017: R$ 166.134,88 Valor dez 2016: R$ 184.128,49
⑾ Itaituba Valor jan 2017: R$ 155.339,54 Valor dez 2016: R$ 285.932,71
⑿ São Geraldo do Araguaia Valor jan 2017: R$ 36.410,29 Valor dez 2016: R$ 0,0
⒀ Primavera Valor jan 2017: R$ 29.581,39 Valor dez 2016: R4 4.117,36
⒁ Belém Valor jan 2017: R$ 12.822,42 Valor dez 2016: R$ 13.449,31
⒂ Santarém Valor jan 2017: R$ 11.033,89 Valor dez 2016: R$ 2.191,81
⒃ Novo Progresso Valor jan 2017: R$ 9.096,32 Valor dez 2016: R$ 5.069,27
⒄ Benevides Valor jan 2017: R$ 6.489,68 Valor dez 2016: R$ 10.253,33
⒅ Altamira Valor jan 2017: R$ 5.497,18 Valor dez 2016: R$ 6.211,95
⒆ Ourém Valor jan 2017: R$ 5.132,01 Valor dez 2016: R$ 4.950,64
⒇ Jacareacanga Valor jan 2017: R$ 4.917,62 Valor dez 2016: R$ 1.217,51

A ESPERTEZA QUE LESA ITAITUBA ( WELINTON LIMA)


A fábrica de cimento Itacimpasa transformou-se, literalmente, numa grande decepção para o itaitubense, que esperava que essa empresa fosse representar para Itaituba, resguardadas as devidas proporções, o mesmo que a Vale do Rio Doce representa para Parauapebas, ou o que a mineradora Alcoa representa para Juriti.
Aqui, a Itacimpasa nunca conquistou a simpatia da população, pois uma das primeiras iniciativas da empresa, antes mesmo de funcionar o seu parque industrial, foi barganhar junto à prefeitura municipal, todos os incentivos fiscais que queria.
contrapartida foi passar a explorar a população, cobrando um preço exorbitante pela saca de cimento e, o mais grave agora é o calote que a empresa vem aplicando no município, deixando de pagar impostos, e até o salário de seus trabalhadores, que são mais de trezentos pais de família, não está sendo pago, fazendo com que eles passem necessidades.
Nesse jogo de burlar o fisco municipal, a Itacimpasa não está sozinha. Há muitos empresários bem-conceituados na sociedade, que estão na mira da Receita Federal por sonegar o recolhimento de tributos da mineração.
Somente no ano passado, o prejuízo aos cofres do município foi superior a sete milhões de reais, segundo denunciou o prefeito Valmir Climaco. E para completar a pintura do quadro cinzento da economia do município, o estado, aproveitando a sua posição de licenciador dos grandes projetos ambientais, seduziu os empresários do setor mineral e levou para Belém o projeto de uma refinaria de ouro, que por direito, deveria ser implantado aqui em Itaituba, pois é daqui do município que vai sair o ouro para funcionar essa refinaria.
São nesses momentos que sentimos a falta do comprometimento de nossos representantes políticos, pois nenhuma voz se levantou na Assembleia Legislativa do Estado e nem na Câmara Federal para defender os interesses do povo itaitubense nesse projeto da refinaria, nem no caso da Itacimpasa.
Os nossos deputados, parece que estão muito mais preocupados em conseguir cargos no governo para os seus aliados políticos, enquanto a população que se dane com os seus problemas.
Jornalista Weliton Lima
PROXIMA → INICIO